Novembro 3, 2020

As permissões dos aplicativos

As permissões dos aplicativos

É inegável que hoje não conseguimos viver sem os nossos smartphones. Com ele nos comunicamos rapidamente com familiares, amigos ou colegas de trabalho, pagamos nossas contas, assistimos e gravamos vídeos, tiramos fotos e mais uma dezena de coisas.

Mas, o que nos permite fazer tantas coisas assim?

O que torna o smartphone tão usual são exatamente os aplicativos que instalamos nele. E é sobre ele que iremos falar hoje.

Sempre quando baixamos um aplicativo, geralmente eles pedem permissão para acessar informações ou ferramentas do celular, não é mesmo?

Fonte: Photo by Ravi Sharma on Unsplash

Para garantir que aquele aplicativo baixado não acesse nada além do necessário, é importante você prestar atenção no que ele quer acessar e avaliar se realmente precisa dar aquela permissão.

Imagina, por exemplo, um aplicativo de foto, pedir para acessar além da câmera, as mensagens SMS!? Ou um aplicativo qualquer pedir para acessar praticamente tudo, câmera, armazenamento, localização. Faz sentido? É para desconfiar! Afinal, as permissões se não forem adequadamente liberadas podem comprometer a sua privacidade e a proteção dos seus dados.

Portanto, se você ainda não está gerenciando essas permissões, pode começar facilmente a gerenciá-las no IOS e no Android.

Além dos cuidados com as permissões, é preciso voltar um passo anterior. Você deve baixar os aplicativos somente das lojas oficiais (Google Play Apple Store), ler os comentários de usuários, pois eles podem te dizer muita coisa, se ali existe algum problema e obviamente, baixar de fornecedores que você conheça e sabe que são confiáveis, pois, nem mesmo essas lojas, estão livres de aplicativos maliciosos. Assim, não estaremos baixando gato por lebre.